À meia luz

Jaymay – Gray or Blue

A cena é viva, orgânica: tem cheiro, textura e gosto. O balançar era alternado, por culpa da nossa urgência. Meu rosto ia aninhado no seu peito enquanto sua voz fazia morada no meu ouvido, sussurrando a música que a brisa da lua trazia com a promessa de que aquela noite pertencia a nós e somente a mim e a você, mais ninguém.

Confesso que, se passei um pouco da dose no abraço, foi pra garantir que era real e não mais um daqueles meus sonhos em sépia, de bolero na vitrola e embriaguez de presença, sempre tentando agarrar seu rastro no ar. E era. Lá estava cada vértebra, cada fibra, cada nota do seu perfume, cada fio do seu castanho, cada tic-tac inconveniente do seu relógio de pulso.

Continuo não sendo uma exímia dançarina, mas você quase me convence disso pela facilidade com que o ritmo flui por e entre nossos corpos. A mesma facilidade com que você fabrica meu riso às quatro da tarde ou às duas da manhã. Ou mesmo antes, durante e depois dessas horas, pouco importa: as esquinas da minha boca se curvam só de lembrar do jeito que você faz qualquer bebida girar no seu copo.

Impressão minha ou a luz começou a dar indícios de que cansou de brilhar pela metade e a música já não passa de um sibilo? Acho que o sumiço das estrelas só vem a confirmar a teoria de que se trata de um complô para que cada um siga logo seu rumo e dê ao mundo um pouco de sossego. 

Me conformo, então, em seguir assim, com um sorriso de jiló e o coração de alcaçuz. Mas me espera. Me espera porque já já eu chego na nossa terra das possibilidades. É lá que as esquinas são feitas de reticências e o tempo, nada além de um amontoado de incógnitas. Deixa a luz pela metade e me espera.

Anúncios

2 opiniões sobre “À meia luz

  1. Pingback: À meia luz « Blog Vale | Blogosfera do Vale do Paraíba

  2. reticências e incógnitas…se não fossem elas o mundo seria frio e estéril…nada a parir das entrelinhas…a esperança não faria sentido, seria apenas uma linha qualquer em um dicionário empoeirado e esquecido….

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s